As laranjeiras do nosso jardim

Logo na entrada do condomínio, junto à portaria do Edifício Rubi, há uma laranjeira que desperta a atenção de quem passa. Está sempre carregada de frutos. Seu tronco e galhos não possuem espinhos, mas não é por acaso. O Sr. Oswaldo, quando a plantou há alguns anos, acompanhou atentamente seu crescimento e foi retirando todos os espinhos que apareciam, pensando nas crianças que poderiam se ferir.

Há outro pé plantado junto ao muro do mercado. Também está bonito, bem cuidado, cheio de laranjinhas. Aline, filha do Sr. Oswaldo, cuida pessoalmente das árvores que seu pai plantou. É uma forma de homenageá-lo e retribuir o amor que ele sempre dedicou às plantas.

Foto de Paulo Teixeira

Quem cuida dos jardins

Marcelo-Laerte-Luiz - Foto de Paulo Teixeira

Marcelo, Laerte e Luiz cuidam diariamente dos jardins do nosso condomínio.

Parabéns aos nossos três funcionários pelo trabalho de qualidade que realizam.

Maravilhas da natureza

Um pequeno arbusto, folhas simples, chegando a ter um aspecto de mato. As flores são pequenas, multicoloridas, parecidas com aquelas que nascem na beira das estradas.

Foto de Paulo Teixeira

Confesso não saber o nome da planta, mas a delicadeza das flores chama a atenção. Este pé está junto ao poço artesiano, perto das portarias dos blocos 3 e 4. Vale a pena um olhar mais atento.

Foto de Paulo Teixeira

Foto de Paulo Teixeira

Foto de Paulo Teixeira

Foto de Paulo Teixeira

Nossa horta

Nosso condomínio tem uma área reservada, logo após o Parque Infantil, para o plantio de verduras, legumes e temperos. Os coentros estão lindos, bem crescidos. Em breve mostraremos mais imagens do local e vamos conhecer o Sr. Luiz, responsável pelo cultivo dos alimentos.

Foto de Paulo Teixeira

Foto de Paulo Teixeira

Foto de Paulo Teixeira

Horta - Foto de Paulo Teixeira

É primavera no Joia da Barra

Quem passa perto da piscina pode observar as flores rosas que cobrem todo o IPÊ que lá se encontra. Não é o único existente no estacionamento, mas é o mais florido.

Foto de Paulo Teixeira

A beleza de nossas árvores não está apenas nas flores. Esta Sibipiruna, junto ao Edifício Rubi, sente os efeitos da primavera e é uma das que recebem os primeiros raios de sol, todas as manhãs.

Foto de Paulo Teixeira

E a nossa horta, como estará? No próximo sábado vamos fazer uma visita ao canteiro, acompanhados pelo Sr. Luis, também morador do Joia da Barra e responsável por sua manutenção. As crianças estão convidadas a conhecer aquele cantinho verde, aprendendo como se planta, os tipos de vegetais, e o bem que fazem ao nosso organismo.  A horta fica na parte final do parque infantil.

Cuidando do nosso jardim

Foto de Paulo Teixeira

Nossos jardineiros trabalham diariamente para manter as plantinhas do nosso jardim sempre bonitas. Há poucos dias todo um canteiro do bloco 5 foi refeito. As plantas, todas replantadas, são as que aparecem na imagem.

Ops!!! Algo estranho!

Alguém permitiu que seu cão usasse o canteiro como banheiro. Os animais não têm culpa. Escolhem o lugar que lhes seja mais agradável. Permitir a entrada no jardim foi o primeiro erro. Este cão deve ser de grande porte, mas mesmo os cães pequenos podem matar uma mudinha, pisando ou urinando em cima. A urina dos cães, muito ácida, é capaz de destruir até peças de ferro, como portões.

O segundo erro foi não recolher as fezes.

O condomínio disponibiliza sacos plásticos para a coleta de fezes, colocados nas portarias de todos os blocos. Também, há caixas coletoras de lixo espalhadas por toda área interna do condomínio. Uma delas está colocada em frente à entrada de serviço do bloco 5, ao lado do local onde foi tirada essa foto.

Se o dono do cão não fizer a sua parte, alguém terá que fazer por ele. É justo?

Acerolas e pitangas no jardim do Edifício Turmalina

Há uma época do ano em que dois arbustos, plantados em frente à portaria do bloco 3, ficam repletos de frutos. Os pés de acerola e pitanga retribuem o carinho que recebem e nos brindam com dezenas de saborosas frutinhas, amadurecidas diariamente.

Uma pessoa faz questão de acompanhar pessoalmente a vida das plantinhas: Chaves, um dos porteiros que trabalham em horário diurno, que junto com uma moradora, D. Lucia, do 1006, plantou as espécies.

Chaves - Foto de Paulo Teixeira
Chaves, ao lado dos pés de acerola e pitanga que ajudou a plantar.

Chaves faz questão de avisar quando as pequenas frutas começam a amadurecer. Não há quem dispense.

Um exemplo a ser imitado!