Espantando pombos

Não se assustem. Não temos pombos em nosso condomínio, felizmente. Mesmo assim, não custa saber como afastá-los em caso de necessidade.

Assim como os ratos, pombos sentem fome e procuram locais onde tenham casa e comida farta. Aparentemente simpáticos e sociáveis, os pombos transmitem doenças graves através de fungos que podem até causar a morte de quem é contaminado. Suas fezes são extremamente nocivas e, quando secas, são levadas pelo ar e se instalam na pele e pulmões da vítima.

É importante manter o ambiente sempre limpo e não alimentá-los, caso nos façam uma visita.

Quem tem casa de veraneio deve ter experimentado a presença indesejável dessas aves, principalmente se houver cães no ambiente. Os pombos não os temem e adoram ração de cachorro. Na verdade, gostam de tudo que os alimente.

Os truques para afastá-los são muitos, mas poucos funcionam. De nada adianta colocar espantalhos, corujas de pano, gel no telhado, etc, etc. Hoje cedo pendurei alguns CDs em um pé de romã, justamente no local preferido por eles. Confesso que os reflexos da luz do sol me incomodaram bastante, parecendo com luzes psicodélicas de boate. O mesmo deve ter acontecido com os pombos, que hoje não apareceram.

CDs

Será que vai dar certo?